Pix

Resumo do Conteúdo

O que é Pix?

Pix é um pagamento instantâneo que é confirmado na mesma hora em que é efetuado. Ou seja, são transações que se consolidam em até dez segundos. 

Além de agilizar as transações, ele pode minimizar e até mesmo zerar os custos envolvidos nas formas de pagamentos que conhecemos hoje para o consumidor. 

Além disso, o pagamento instantâneo ocorrerá 24 horas por dia, 7 dias por semana. Portanto, não será mais necessário esperar até o próximo dia útil para que a consolidação do pagamento seja realizada e devidamente creditada nas contas tanto de pessoas físicas, quanto de pessoas jurídicas.

Se quiser entender mais sobre o Pix, recomendamos que leia também este post especial do Blog iSET: O que é PIX? Saiba tudo o que você precisa!

Como funciona?

Para fazer uma transferência usando o Pix não será necessário informar diversos dados como banco, agência, CPF e número da conta. A transferência ocorrerá pela Chave Pix.

É possível utilizar como chave Pix os seguintes dados:

  • CPF
  • CNPJ,
  • Número do celular,
  • E-mail
  • Chave aleatória gerada pela instituição financeira (opção para quem não queira utilizar seus dados pessoais no cadastro das chaves.

Com essa chave cadastrada na instituição financeira da escolha do cliente, ele poderá ter seu próprio QR Code e receber dinheiro via Pix por meio de pagamentos por aproximação. Apenas poderá ser usada uma chave em um único banco, mas é possível cadastrar várias chaves diferentes nos bancos de preferência.

Como usar o Pix?

Para usar o Pix é necessário realizar o cadastro de, ao menos, uma chave transacional junto à sua instituição financeira de preferência.

Para receber pagamentos não é obrigatório fazer uma chave Pix, é possível receber uma transferência ou pagamento via Pix em sua conta corrente tradicional sem a necessidade de cadastro de chaves. 

As pessoas físicas poderão ter até 5 chaves Pix por conta; as pessoas jurídicas, até 20 chaves. 

Tipos de transação via Pix 

O QR Code terá um papel essencial no sistema de pagamentos instantâneos no Brasil. Serão disponibilizados dois tipos: o QR Code Dinâmico e o QR Code Estático. 

QR Code Dinâmico

O QR Code Dinâmico muda a cada transação e será mais indicado para o pagamento de vendas em estabelecimentos comerciais, já que o uso é exclusivo a cada transação.

Nele, é possível já inserir o valor da compra e outras informações, como a identificação do recebedor. Além disso, ele é gerado por um sistema, no checkout da loja virtual, servindo para diversas transações, desse modo, ele facilita a conciliação e automação comercial.

O QR Code Dinâmico fica sendo muito mais seguro e fácil de controlar, já que ele sempre muda e o valor do pagamento já é definido. O cliente copia ou lê o QR Code com a câmera do celular e é encaminhado para o seu banco online, onde basta que ele confirme o pagamento, que é instantâneo.

QR Code Estático

Já o QR Code Estático será mais utilizado por pessoas físicas, porque tem a função de identificar um recebedor fixo e ter ou não um valor pré-definido. 

Ele é recomendado para transferências instantâneas, sem ser atrelado a uma venda. Mesmo assim, muitas empresas, como forma desesperada de usar o Pix em seus e-commerces, ainda sem a integração das suas plataformas de e-commerce com algum sistema que já disponibilize o Pix com QR Code Dinâmico, optaram por usar o QR Code Estático. 

Quais integrações na iSET já possuem Pix?

Na iSET, você já pode usar o Pix como meio de pagamento por meio de algumas integrações. São elas:

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *